por José do Vale Pinheiro Feitosa




Viva junto à alma mais próxima e compreenda que a proximidade é a medida da distância. Que a distância que os separa é este movimento maravilhoso da matéria e da energia. A maravilha é apenas esta surpresa porque esta proximidade é tão diminuta entre os dois e é a inesperada distância.

José do Vale P Feitosa



sábado, 10 de março de 2012

Sol de um novo dia - Por José de Arimatéa dos Santos

Logo cedo invariavelmente aparece
Lá no céu reluzente
O sol, símbolo inclemente
Da certeza da continuidade da vida que transparece

Todo o movimento da física
Num mundo biológico
Que a existência prova o lógico
Da possibilidade da união com o mundo da metafísica


José de Arimatéa dos Santos
Assim, a paz e o amor
Juntos numa sinfonia
De igualdade e sintonia
Que embelezam a vida sem desamor

Ah! Desejo que o sol sempre
Possa brilhar nos corações
Da humanidade com muitas ações
De solidariedade e justiça solenemente

Um comentário: