por José do Vale Pinheiro Feitosa




Viva junto à alma mais próxima e compreenda que a proximidade é a medida da distância. Que a distância que os separa é este movimento maravilhoso da matéria e da energia. A maravilha é apenas esta surpresa porque esta proximidade é tão diminuta entre os dois e é a inesperada distância.

José do Vale P Feitosa



segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

O MÚSICO QUE EXPRESSOU A MÚSICA DE PROTESTO - José do Vale Pinheiro Feitosa

“Onde todas as flores foram, tanto tempo que passou?
Onde todas as flores foram, há muito tempo atrás?
Onde todas as flores foram?
As garotas as colheram todas.
Oh, quando é que elas vão aprender?
Oh, quando é que elas vão aprender?”

Quando alguém amou a música de Bob Dylan, curtia Joan Baez, Leonard Cohen, Harry Belafonte, a sul-africana Miriam Makeba do Pata Pata e tanta gente que engajou sua música na luta social por direitos humanos e qualidade de vida, tinha como projeção de grandeza Pete Seeger.

video
Goodnight, Irene - na voz de Pete Seeger

“Onde todas as garotas foram, tanto tempo que passou?
Onde todas as garotas foram, há muito tempo atrás?
Onde todas as garotas foram?
Foram todas para seus maridos.
Oh, quando é que elas vão aprender?
Oh, quando é que elas vão aprender?”

Pete Seeger, a grande luz da protest folksong faleceu na última semana de janeiro de 2014 aos 94 anos. Ele teve influência nas canções de protesto contra a ditadura aqui no Brasil e por justiça social em vários países da América do Sul e incluindo os valores revolucionários cubanos. E a lista de grandes figuras influenciadas por Pete Seeger é grande incluindo, George Moustaki na França e os cubanos como Pablo Milanes e Silvio Rodriguez e os chilenos como Violeta Parra e Victor Jara.

video
If I Had a Hammer - Pete Seeger em 1956

“Onde todos os maridos foram, tanto tempo que passou?
Onde todos os maridos foram, há muito tempo atrás?
Onde todos os maridos foram?
Foram todos se engajar nas forças armadas.
Oh, quando é que eles vão aprender?
Oh, quando é que eles vão aprender?”

Pete Seeger participou dos movimentos de esquerda nos Estados Unidos desde os anos 30. E não pensem que ser de esquerda além da fronteira liberal, junto à causa operária, seja mais ameno do que o contrário na União Soviética naqueles idos. Ele esteve nos movimentos antifascistas e pacifistas, lutou contra o marcatismo nos anos 50, juntou-se ao movimento pelos direitos civis, junto com Luther King pelos direitos dos negros, contra a guerra do Vietnã e denunciou todas as invasões imperialistas dos EUA pelo mundo todo.

video
We Shall Overcome - se tornou o Hino do movimento pelos direitos civis e contra o racismo

“Onde todos os soldados foram, tanto tempo que passou?
Onde todos os soldados foram, há muito tempo atrás?
Onde todos os soldados foram?
Foram todos para o cemitério.
Oh, quando é que eles vão aprender?
Oh, quando é que eles vão aprender?”

Poucos ícones da cultura americana foram tão perseguidos quanto Pete Seeger. A mídia o pôs no ostracismo. A indústria de difusão cultural igualmente. Foi preso por desacato ao Congresso ao se negar depor numa comissão de atividades anti-americanas, propondo ao invés disso cantar as músicas que representavam sua participação na cultura mundial.

video
Guantanamera - para realçar a Cuba revolucionária 

“Onde todos os cemitérios foram, tanto tempo que passou?
Onde todos os cemitérios foram, há muito tempo atrás?
Onde todos os cemitérios foram?
Foram todos para as flores.
Oh, quando é que eles vão aprender?
Oh, quando é que eles vão aprender?”

Nos últimos anos ele se engajou na luta em defesa do meio ambiente, participou de grandes concertos em defesa de direitos humanos. À margem do showbusiness, Pete Seeger viveu a plenitude do ser humano sem as concessões do dinheiro e do poder que envelopa a dignidade humana com a chamada indústria cultural.

video
Where Have Al The Flowers Gone? - uma das músicas mais conhecidas de Pete Seeger. O poema que acompanha esta postagem é a tradução da letra dela. Ela se tornou o hino do movimento pacifista internacional. Aqui um versão do famoso trio Pete, Paul and Mary.

“Onde todas as flores foram, tanto tempo que passou?
Onde todas as flores foram, há muito tempo atrás?
Onde todas as flores foram?
As garotas as colheram todas.
Oh, quando é que elas vão aprender?
Oh, quando é que elas vão aprender?”


video
Where Have Al Flowers Gone? Na voz de Marlene Dietrich. Marlene cantou esta música em versão em alemão e a apresentou em Israel. Foi a primeira vez que alguém se apresentou em público usando alemão. Escolhi esta versão em inglês porque de fato ela é muito bonita.


Quem gosta da humanidade e de pesquisar busque Pete Seeger e suas músicas que muito bem lhes fará.