por José do Vale Pinheiro Feitosa




Viva junto à alma mais próxima e compreenda que a proximidade é a medida da distância. Que a distância que os separa é este movimento maravilhoso da matéria e da energia. A maravilha é apenas esta surpresa porque esta proximidade é tão diminuta entre os dois e é a inesperada distância.

José do Vale P Feitosa



quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

TUDO QUE EU PRECISO É VOCÊ - José do Vale Pinheiro Feitosa

“Às vezes quando estou triste e sozinho,
Sinto-me como uma criança fora de casa
O amor que você me dar preenche-me, querida
Tudo que eu preciso é você.”

All i ever need is you, de Jimmy Holiday and Eddie Reeves foi gravada a primeira vez por Ray Charles em 1971 no album The Volcanic Action of my Soul. Um dos maiores sucesso da música foi com Sonny e Cher e também a gravaram Ray Sanders e a dupla Kenny Rogers e Dottie West.

É inevitável que o título da música no remeta a uma canção muito famosa dos Beatles, de 1967, que intitulou-se All You Need is Love.

video
All You Need is Love - The Beatles que se inicia assim: amor, amor, amor,/não há nada que você possa fazer que não possa ser feito/ nada que possa ser cantado que não possa ser cantado/ nada que você possa dizer, mas você pode aprender o jogo/ é fácil.

“Você que é meu primeiro amor, você é meu derradeiro,
Você é o meu futuro, é o meu passado
Oh! Amar-te é tudo que peço, querida,
Tudo que eu preciso é você”

As canções restritas ao amor de dois, costumam falar de particularidades, de privacidades e têm dificuldade de alargar este mesmo amor para a humanidade inteira. São os sintomas de uma sociedade de bens privado, de muros a separar pessoas, do "meu" ao exagero do sucesso e do realce.

Mas não deixam de ser um ensaio sobre o amor sem trocas, sem esperar uma moeda de paga, uma compensação pelo próprio e espontâneo sentimento de amar. Não é incomum que uma vez abalado pelas intempéries dos dias, pelos ânimos que arrefecem, o amor seja traído ou até soterrado numa desculpa de que os elementos que o despertaram deixaram de existir.

É quando todas as condicionalidades, as particularidades e privacidades despencam como um grande muro naquele que deveria ser um amor sem concessões e trocas.

“Os invernos virão e depois passarão
E veremos o derretimento das neves,
Pronto o verão virá da primavera, tudo que você faz,
Dê-me razões para construir meu mundo ao seu redor.”

“Meu mundo girar ao teu sol”.

video
All i ever need is you - Ray Charles a primeira gravação da canção.

Nas estações do ano, mesmo quando não as há, as efemérides que os anos marcam, bicam as migalhas de pão que o amor deixou para marcar a rota de sua causa primeira. E uma das mais difíceis tarefas de quem se encontra nas rotas perdidas, é reencontrar as causas primeiras. Confessam-se frágeis diante do passar, acusam as mudanças externas, as conquistas de novos desejos, uma vez que o desejo é gêmeo da felicidade: sempre é a busca daquilo que lhes falta. Como diz Eduardo Galeano: um horizonte sempre a se afastar.

“Algumas pessoas seguem o arco-íris, disseram-me
Outras procuram prata, alguns o ouro,
Mas encontrei meus tesouros em minha alma
Tudo que eu preciso é você”.


video
All i ever need is you - Jerry Reeve e Chat Atkins uma das guitarras mais belas dos Estado Unidos.

Como encontrar a minha alma se a promessa é um mundo de sofrimento e a felicidade só após morte? Esta praga cristã transfere o amor integral, incondicional, para um limbo atemporal. Mas todas as chagas que minam meu sangue, todas as lepras que apodrecem minha carne, todas grades que impedem meus passos, não são suficientes para anular meus passos em busca do amor como o sujeito que ama o sujeito para que todos prediquem a vida. Com seus verbos e complementos.

“Sem o amor nunca encontrarei o caminho
Pelos de altos e baixos de cada dia
E ficarei insone por toda noite até que você diga
Querido(a), tudo que eu sempre preciso é você”

Lá, Lá, Lá, Lá, Lá,
O teu amor me mantém por sobre o tempo
Querida, tudo que realmente preciso é você

Lá, Lá, Lá, Lá, Lá
Afinal encontrei os tesouros de minha alma
Querida, tudo que realmente preciso é você


Lá, Lá, Lá, Lá," 

video
All i ever neede is your - Sonny e Cher - a gravação de maior sucesso desta canção.

Um comentário:

socorro moreira disse...

Considero-me eterna paladina do amor.
Acho lindos os textos que envolvem canções de amor, ou musicais de temáticas diversas.Arte engajada!
Claro que impressionam-me a visão crítica, informativa do que está acontecendo perto ou longe da gente.Sou terra!
Meu romantismo é relativo, mas confesso-me de alma apaixonada!
Manda um alfabeto pra mim?
Estou ficando muda de contemplação!

Abraços, e obrigada pelas ricas contribuições ao nosso blog.Esse agradecimento é extensivo...Claro!
Stela, Zé Flávio, Zé Almino, Mariano,Carlos...E os outros?
Sorrindo...