por José do Vale Pinheiro Feitosa




Viva junto à alma mais próxima e compreenda que a proximidade é a medida da distância. Que a distância que os separa é este movimento maravilhoso da matéria e da energia. A maravilha é apenas esta surpresa porque esta proximidade é tão diminuta entre os dois e é a inesperada distância.

José do Vale P Feitosa



segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Uma noite de música como uma homenagem dos rolerzinhos aos shoppings centers - José do Vale Pinheiro Feitosa

Ofereço esta gravação a todos leitores deste blog. Ofereço aos meus amigos de jornadas que se resumiram aos seus textos e numa jamais vieram aos espaços dos comentários a eles. Socorro Moreira, José Nilton, Zé Flávio, Carlos Eduardo, Joaquim Pinheiro, Zé Almino, Stela e a todos que por esquecimento não citei.

video

2 comentários:

Stela disse...

Zé do Vale,
o seu texto é belo tanto quanto o luar do sertão.
Grata.

socorro moreira disse...

Um tanto silenciosa mas sempre perto.
Ah, luar !
Brindemos com "aluá"...
Um grande abraço